A COZINHA, A ALIMENTAÇÃO E COMO É UM HOBBIE

16/04/2020

Ontem devia ter falado com vocês para o #nossodiarioemquarentena sobre alimentação. O que é certo é que o dia de ontem e o de hoje foram muito preenchidos em termos de trabalho, algo que não estava à espera. Não tive tempo de vos falar sobre alimentação ou sobre o tema de hoje, um hobbie para além da leitura, dos livros e das séries. Mas depois lembrei-me, a cozinha é também para mim um hobbie. A alimentação faz parte do nosso dia-a-dia desde que nascemos. Sempre gostei de comer, umas coisas mais do que outras e sempre me disseram que tinha o bico fino. Acho que sempre tive tendência para comer coisas boas. Desde cedo que sempre também me lembro de ver os grandes cozinhados da minha avó, as broas e os folares que cozia, as comidas que confeccionava nas panelas de ferro ao lume. E depois claro a minha mãe quando já eu própria a ajudava. Lembro-me que uma das minhas primeiras aventuras na cozinha foi com os crepes. Quem é da minha geração passou com certeza pela época de cozinhar crepes com os amigos e fazer grandes lanches nas tardes livres. Cedo percebi que gostava de cozinhar, mais salgados do que doces, mas que gostava de estar ali a perceber a receita, a modificá-la à minha vontade ou aos ingredientes que a minha mãe possuía. Desde cedo que invento receitas que são só minhas e que já fui conquistando com elas vários amigos e familiares. Faço uma lasanha só minha que conquista todos. Sou perita em massas rápidas e diversificadas. Adoro fazer panquecas ou waffles, mesmo que elas não fiquem iguais às americanas. No fundo gosto da sensação de criar algo na cozinha. De construir uma refeição. Adoro cozinhar para várias pessoas e ter a sensação de criar algo que trás um sentimento de conforto. Mas  depois a alimentação tem o seu outro lado da medalha. A minha relação com ela nem sempre foi ou é positiva. A minha oscilação de peso faz com que de vez em quando olhe para a alimentação como o bicho papão. Adoro comer. Adoro comer comida de conforto. Adoro o sentimento que comer me transmite. Mas tenho aprendido a controlar-me, a criar hábitos mais saudáveis e a perceber que a alimentação também tem conta, peso e medida. Mas ela não deixa de ser um hobbie. E continuo a gostar de ir para a cozinha, de criar receitas e reinventar outras mais antigas. De ver crescer uma pilha de panquecas ou assar um peixinho no forno. Por isso hoje posso dizer que cozinhar para mim é um hobbie feliz mesmo a cozinhar coisinhas mais saudáveis.

E vocês que relação têm com a alimentação?
E que hobbies tê para além dos livros, filmes ou séries?


Join the conversation!

  1. Confesso que a minha relação com a cozinha tem fases. Ora quero cozinhar e experimentar receitas que nunca fiz ora entro numa fase em que não me apetece de todo pensar em comida XD E nunca fiz crepes! Quero ver se experimento nestes dias! :)

    ResponderEliminar

© Diário da Chris. Design by FCD.