OSCARS 2020 | AS MINHAS PREVISÕES

09/02/2020

Os Oscars este ano pregaram uma partida ao tempo. Isto porque normalmente eles consumam ser mais para o final de Fevereiro, tempo em que nós espectadores temos mais que tempo para ver bem os filmes todos nomeados. Este ano, pelo menos pelos meus lados, isso ainda não aconteceu. Mas hoje, noite da grande cerimónia não queria faltar com as tão habituais previsões aos grandes vencedores. Como ainda não vi todos os filmes este ano decidi fazer algo diferente. Apenas vou apostar um filme por categoria. Em anos anteriores partilhava sempre o filme que queria que ganhasse e o filme que achava que iria ganhar. Este ano apenas vou partilhar o filme que acho que vai ganhar. Preparados?  

Tem sido apontado até agora como o possível  vencedor do grande Oscar da noite. Já vi o filme e confirmo que é um grande filme. A minha opinião sobre ele irá sair muito brevemente. Se for este o grande vencedor da noite ficarei muito feliz. É sem sombra de dúvidas um grande filme épico.

Nesta categoria também ainda não vi todos os filmes a concurso. Mas mais uma vez Renée Zellweger está a ser a grande vencedora da temporada dos prémios e por isso esta é também a minha aposta. Do pouco que vi do filme estava a gostar bastante da sua interpretação.

Nesta categoria a resposta é bem simples, Joaquin Phoenix protagonizou um dos meus filmes favoritos de 2019 de uma forma maestral e por isso quero muito que ele leve a estatueta para casa.

Nesta categoria fiquei com imensas dúvidas em quem apostar. Se por um lado muitos apontam Scarlett Johansson no seu papel em "Jojo Rabbit", eu preferi apostar em Laura Dern pelo seu "Marriage Story". Uma interpretação sólida da sua advogada implacável.

Mais uma vez um actor que tem arrecadado a maioria dos prémios com o seu papel em "Once Upon a Time in Hollywood", a minha escolha recai em Brad Pitt porque acho que foi um bom actor secundário que ao mesmo tempo consegue ser também ele um pouco protagonista.

Nesta categoria a minha escolha vai para o realizador Sam Mendes pelo seu "1917". Não sei se adorei a escolha do plano sequencial quase sem cortes, quase sempre focado num dos protagonistas. Mas gostei depois de toda a envolveria e forma como ele conduziu todo o filme.

De todos os candidatos a esta categoria a minha escolha recai sobre o filme "Parasite". Não tendo adorado o filme e ter achado algumas partes da história pouco credíveis, não posso deixar de apreciar o argumento deste filme como algo original e que definitivamente nos coloca a pensar.

Não li nenhuma das histórias base que inspiraram os filmes nomeados aos Oscars. Mas a minha escolha recai sobre o filme "The Irishman" por ser o filme mais longo e por isso com a maior predisposição para ter conseguido adaptar o texto em que se baseia para um óptimo filme.

Nesta categoria a minha escolha recai sobre o filme "Ford vs Ferrari", apesar de não ter visto outros filmes mais técnicos. Gostei de ver as sequências de edição principalmente nas cenas de corrida ou de teste dos carros. São simplesmente muito bonitas.

Já quanto à fotografia escolho "Joker". Logo quando saí do filme elogiei logo a fotografia do filme e como achava que o mesmo deveria ser nomeado nesta categoria. Adorei a fotografia deste filme e acho que foi uma das componentes que me fez ainda mais gostar dele.

Não vi todos os filmes nomeados nesta categoria, mas do que vi a minha escolha recai em "Rei Leão", como é evidente por toda a sua parte criativa e de efeitos especiais.

Estas são as categorias que eu menos percebo. Acho que edição do filme "1917", o som da guerra, das bombas e dos aviões ficou muito bem feita e é a minha escolha.

Este ano esta categoria não está lá muito forte. Escolho "Little Women" por ser um filme mais de época e por isso ser mais caprichado no guarda-roupa.

Já quanto ao design de produção escolho "Once Upon a Time in Hollywood" por todo os su valor de produção na recriação de Hollywood, todos os seus cenários mirabolantes e por todos os filmes retratados.

Esta categoria este ano não tem grandes nomeados, pelo menos na perspectiva de grandes efeitos de maquilhagem. Por isso escolho aquele filme que apresenta a maquilhagem mais proeminentemente que é o "Joker".



Escolho a música do filme "Rocketman" não só por gostar muito, mas porque faz parte de um dos meus filme favoritos de 2019.



Gostei muito da banda sonora de "Joker" e por isso esta é a minha escolha. Fez com que eu ainda sentisse mais o filme, sentisse mais a tensão e a dor que o mesmo transmite.

Ainda não vi nenhuma curta este ano e por isso a minha escolha é um pouco aleatória. "The Neighbor's Window" pareceu-me um título interessante e definitivamente deixou-me com vontade de ver.

Este ano ao olhar para os títulos das curtas de animação esta foi aquela que mais me chamou à atenção. Por isso é a escolhida. Falo-vos de "Daughter".

Já nas curtas documentário tenho sempre uma grande dificuldade em decifrar os vencedores. "St. Louis Superman" antevê ser uma história inspiracional bem ais estilo Oscars. É por isso também a minha aposta.

Confesso que não adorei o leque de escolha deste ano na categoria de filmes de animação. Apesar de conter um filme que pertence a uma série que adoro. A minha previsão é de que muito provavelmente quem irá ganhar será o filme "Klaus".

"Parasite" tem estado nas bocas de todo o mundo. Acredito por isso que vencerá na categoria de melhor filme estrangeiro.

Por último, escolho "American Factory". Ainda não vi todos os concorrentes a esta categoria mas foi até agora o documentário que mais gostei e por isso é também a minha aposta.

E vocês? Preparados para a grande noite do cinema?
Quais são as vossas apostas?

Join the conversation!

© Diário da Chris. Design by FCD.