OSCARS 2019 | RED CARPET - OS MELHORES

03/03/2019

Oscars é sinónimo de glamour. Se uns anos têm mais outros têm menos. 2019 acho que pertence ao segundo grupo. Poucos foram os outfits que me encheram o olho. As cores andaram muito pelos rosas o que me deixou um pouco despontada. E apenas dois vestidos me encheram as medidas e me fizeram suspirar. 

Vamos ver então os meus favoritos.

Um dos meus favoritos da noite.

E este último em amarelo é qualquer coisa de maravilhoso. Encheu-me completamente as medidas.

E vocês? Qual é o vosso favorito?



OSCARS 2019 | RED CARPET - OS PIORES

02/03/2019

Ora Oscars não são apenas pessoas bem vestidas e muito glamour. São também vestidos bem feios e que nem sempre têm uma explicação lógica. Deixo-vos com o meu top dos piores looks dos Oscars deste ano.

E para vocês? Quais foram os piores looks?

OSCARS 2019 | A GRANDE CERIMÓNIA

28/02/2019


Tenho acompanhado a cerimónia dos Oscars com mais atenção nos últimos anos e este para mim foi o pior ano, quer em nomeações quer na passadeira vermelha, quer na própria gala. Parece que após tantas polémicas que Hollywood se tem metido a Academia desistiu disto e produziu uma gala um pouco sem sentido e muito estranha. Tudo começou com a escolha do apresentador que rapidamente teve de ser esquecido devido a polémicas ligadas a afirmações que ele tinha produzido no passado. E a coisa foi-se arrastando sem apresentador até ao dia da gala. Pensei logo que a Academia iria utilizar os actores e figuras públicas para apresentar a gala, não estava era à espera que eles se reduzissem à mera apresentação das categorias e dos premiados. Foi acima de tudo uma gala fria, sem grandes momentos de comédia e bastante rápida no seu desenrolar.

Sem apresentador e sem monólogo inicial tivemos direito a uma abertura a cargo dos Queen e de Adam Lambert que apesar de revivalista começava a demonstrar uma clara preferência da Academia na homenagem a esta tão icónica banda e por conseguinte ao filme que os representava na competição. Gostei do momento, mas não da escolha das músicas interpretadas.

O palco esteve bastante bem durante toda a cerimónia, luxuoso com alguns apontamentos em pedraria, mas também algo piroso com as estatuetas dos oscars em flores ou noutros materiais. Já existiram edições onde a produção apostou bem mais nos cenários o que me agradaria mais, mas mesmo assim não esteve mal.

Este ano não existiu momento divertido com a plateia, não existiram selfies, pizzas ou invasões a cinemas, este ano reduziram-se a um momento de descida do tecto em homenagem a Mary Poppins. E um momento mais divertido na apresentação da categoria de Guarda-Roupa.

O momento mais emocionante esteve a cargos de Lady Gaga e Bradley Cooper que interpretaram "Shallow" de uma forma muito sentimental e que com certeza foi o ponto alto da noite.

Spike Lee levou para casa um Oscar e teve uma das reacções da noite. Percebe-se que a Academia preferiu este ano jogar um pouco pelo seguro e acabar por atribuir os Oscars a pessoas queridas da área ou a filmes que homenageassem figuras queridas como o caso de Bohemian Rhapsody, que à excepção do Oscar para Melhor actor não percebi o porquê de tantas atribuições de Oscars.

Surpresa da noite coube ao Oscar atribuído a Olivia Colman. Quando todos esperavam que Glenn Close levasse finalmente o Oscar, ele é-lhe retirado pela Rainha Anne que para mim foi merecidíssimo. Uma interpretação brilhante. Coube-lhe também por isso um dos momentos da cerimónia, ao ter para mim o melhor discurso individual da noite.

Quero ainda ressalvar as reacções dos vencedores nas categorias de melhor curta de ficção e de documentário "Skin" e "Period. End of Sentence" que tiveram as melhores reacções colectivas da noite. Mostraram a todos como deveriam reagir ao receberem um Oscar, que deve ser com entusiasmo e acima de tudo com vontade de utilizarem o seu trabalho para passarem uma mensagem. Ainda não vi as suas curtas, mas quero muito ver.

E para mim a grande surpresa da noite o grande vencedor "Green Book" vencedor na categoria de Melhor Filme. Não que eu não goste do filme, porque gostei bastante, apenas acho que estavam na corrida filmes muito melhores como "Roma" ou "The Favorite".

E vocês? Viram a gala? Gostaram de algum momento em particular?


OSCARS 2019 | AS MINHAS PREVISÕES

24/02/2019

O meu especial dos Oscars este ano começa hoje. Como andava mais em baixo e sem vontade de escrever fui deixando de lado o meu especial dos Oscars que costumo ter por aqui. Confesso que os filmes este ano também não me entusiasmaram por aí além e tudo conjugado fez com que eu deixasse para agora todo um conjunto de posts. Por isso hoje começamos com as previsões pois não estivéssemos na grande noite dos Oscars. E a partir de hoje vamos avançar com todo o especial, desde a gala, os melhores da passadeira vermelha às grandes opiniões dos filmes. 

Como disse hoje começamos com as previsões e por isso vamos lá saber quem são para mim os grandes vencedores.

De todos os nomeados nesta categoria apenas ainda não consegui ver o filme "Vice", mas para mim desde que o vi que o grande vencedor é "Roma". Um filme simples mas com uma carga emocional enorme. Um filme tocante, com personagens reais, uma fotografia maravilhosa e um filme que nos fica na memória. Quero muito vê-lo a ganhar.

Glenn Close é daquelas actrizes que nos cativam e que nos fazem sempre parar para apreciar. Num filme quase esquecível ela tem um papel muito importante, não só de nos transportar no filme de uma forma subtil mas cheia de emoção, mas também no enaltecimento das personagens secundárias da vida que por vezes são tão ou mais importantes que as personagens principais.

Gostava muito que Bradley Cooper levasse a estatuenta para casa. Não só como realizador esteve brilhante como actor também esteve muito bem na interpretação de um cantar cansado, desgastado pela vida e pelo vício que nos leva numa jornada de autoconhecimento. Mas por outro lado acredito que irá ganhar o oscar Rami Malek pela sua brilhante interpretação de Freddy Mercury. Se um deles levar vou ficar muito contente. 

Nesta categoria gostava muito que ganhasse Rachel Weisz pelo seu papel no filme "The Favorite". Uma interpretação muito boa que me conquistou do início ao fim. Mas por outro lado acredito que irá ganhar Regina King, apesar de ainda não a ter conseguido ver no filme "If Beale Street Could Talk" ela tem sido a grande vencedora nas premiações que andam por aí.

Para mim aqui não há dúvidas. Mahershala Ali esteve perfeito no filme "Green Book". Tem de tudo, de snob ao mais simples dos homens. De clássico ao mais sentimental. De homem forte a homem ferido pelo racismo. Uma interpretação que vale a pena ver.

Gosto muito de Alfonso Cuarón enquanto realizador e por isso para mim esta é uma escolha óbvia. Realizou um filme belíssimo. Uma verdadeira obra-prima do cinema, que com uma história tão simples conseguiu fazer uma história intemporal e que nos toca de uma forma especial.

"Roma" é um filme com uma história simples baseada na história verídica do realizador Alfonso Cuarón. Pela sua simplicidade e pela forma como essa simplicidade nos prende acho que merece o oscar.

Acredito que este será o único oscar que "Blackkklansman" vai levar para casa. Apesar da sua importância histórica não vejo neste filme tanto alarido para as nomeações.

Gostei muito deste filme e da forma como todo ele está montado. Quem conhece o realizador sabe que ele tem uma forma muito particular de pensar as histórias e isso reflecte-se na forma como os filmes são apresentados. Acredito que irá ganhar. 

Nesta categoria acredito que irá ganhar "Roma", mas para mim também poderia ganhar "Cold War". São dois filmes a preto e branco, mas com uma fotografia espectacular. É uma fotografia que me agrada muito e que torna os filmes mais estéticos e mais agradáveis de se ver.

Se é para eleger algum filme nesta categoria que seja um filme sobre o espaço. Por isso "First Man" leva o oscar para casa.

Já quanto ao som também elejo "First Man" porque toda a parte das descolagens das naves espaciais estão muito bem feitas neste quesito.

Filmes de época arrebatam o meu coração. "The Favorite" conquistou-me pela sua peculiaridade que também chega ao guarda-roupa- Vestidos muito bonitos, mas também perucas e maquilhagem on point.

Quanto ao design de produção o Oscar deve ir para "Black Panther" porque realmente tem valores de produção maravilhosos no que toca a todo o reino Africano. Um filme muito bonito de ser ver.

Na maquilhagem este ano os nomeados não eram nada de surpreendentes. Escolho "Border", um filme sueco, para ganhar o oscar por ser o filme que utiliza mais maquilhagem, o tema desta categoria.



Ainda não vi nenhuma curta este ano mas esta "Marguerite" chamou-me à atenção por contar a história da relação entre esta mulher e a sua enfermeira.

"Weekends" é a curta de animação que espero que ganhe. Fala sobre divórcio e o que isso implica para a crinaça. Gostei do desenho e daquilo que o trailer me transmitiu.

"Black Sheep" fala sobre racismo e bullying. Temas actuais e que me parecem bem transmitidas nesta curta.

Quem me conhece sabe que eu quero muito que ganhe "Isle of Dogs", não só por ser realizado por um dos meus realizadores favoritos, mas porque é um filme lindo e que aborda temas muito interessantes. Mas acredito que irá ganhar "Spider-Man: Into the Spider-Verse" por ser aquele que melhor crítica tem tido e por ter estado a ganhar tudo.

"Cold War" é para mim outra das obras primas destes Oscars. Fala de um tema sensível através de um filme muito bonito não só em termos de imagem como de interpretações e de música. Tem mesmo de ganhar.

Nesta categoria ainda não tive oportunidade de ver dois documentários, mas pelo que vi "Free Solo" para mim é o meu favorito à vitória e aquele que acho que irá ganhar. Um documentário que vale muito a pena ver.

E vocês? Quais são as vossas apostas?

© Diário da Chris. Design by FCD.