CINEMA | KNIVES OUT, AD ASTRA

28/01/2020


 Não estava para fazer opinião sobre estes filmes, mas depois ambos acabaram por receber nomeações aos Oscars e eu decidi incluí-los neste especial. Não foram filmes que eu adorei mas têm aspectos muito interessantes. Hoje falo sobre eles.

"O detetive Benoit Blanc investiga o assassinato de Harlan Thrombey (Christopher Plummer), um famoso escritor de romances policiais e patriarca de uma excêntrica e bastante combativa família, encontrado morto na sua propriedade logo após cumprir o 85º aniversário."

Uma família descobre que o patriarca da mesma está morto e rapidamente chama as autoridades. Quando as autoridades chegam logo acreditam que ele foi vítima de um crime e começam as investigações. Logo no cenário entra em acção um detective, muito bom, que vai liderar toda a investigação. Quando ouvi que toda a gente estava a ver e a adorar este filme eu fiquei muito curiosa porque gosto muito de filmes com mistérios. O filme começa com um ritmo bem entusiasmante e que eu estava a gostar bastante. Mas logo uma informação é revelada que me fez ficar um pouco com o pé atrás quanto à continuidade do filme. E foi precisamente neste momento que o filme deixou um pouco a perder. Acho que não conseguiram muito bem equilibrar o mistério com o momento de revelar o mistério. Fora isso o filme é muito bem produzido, muito elegante, com interpretações espectaculares, cheio de humor. Aliás o humor deste filme foi sem sombra de dúvidas o que mais gostei neste filme. Não sendo um filme que eu tenha adorado recomendo que o vejam.

"Roy McBride embarca numa missão através da galáxia para descobrir a verdade sobre o desaparecimento do pai, ocorrido duas décadas antes, enquanto procurava sinais de vida alienígena. Após ter sido dado como morto, novas provas sugerem que o pai de Roy ainda pode estar vivo, refugiado numa central de produção de energia abandonada, num planeta distante - e que poderá representar um perigo para todo o universo."

Como fã de filmes de ficção cientifica estava muito curiosa para ver este filme. Neste filme acompanhamos um astronauta numa viagem em busca do seu pai que se tinha perdido no espaço e supostamente não teria sobrevivido. Confesso que a história em si não me tinha chamado à atenção, mas como fã do género, decidi ver. O filme é muito bonito visualmente, tem tudo o que um filme de espaço nos apaixona, viagem pelo espaço, grandes planos do espaço, acção e silêncios. Mas o filme peca pelo seu ritmo demasiado lento que me levou a aborrecer-me em grande parte do filme. Não que eu não tivesse gostado, mas acabei por não me sentir tão interessada no filme. Não sei se o tivesse visto no cinema me tivesse interessado mais por ele, pois estaria mais atenta ao que estava à minha frente e não me tivesse distraído com o que tinha à minha volta ao vê-lo em casa. No fundo, é um filme que recomendo, mas que eu não consegui adorar. Ad Astra está nomeado aos Oscars de 2020 pela mixagem de som e é realmente para mim o melhor do filme o seu som e banda sonora. 

E vocês? Gostaram destes filmes?

Join the conversation!

© Diário da Chris. Design by FCD.