CINEMA | FERDINAND

Na categoria dos nomeados ao Oscar de melhor filme de animação este era um que me despertava curiosidade, isto porque este filme é baseado numa curta da Disney e por isso a minha curiosidade ainda aumentou mais.
Ferdinand é um touro calmo que prefere estar calmamente no campo, à sombra dos sobreiros e a cheirar as flores. Um dia, cinco homens chegam em busca do maior e mais feroz para as touradas de Madrid. Por engano, escolhem Ferdinando. Arrancado de sua casa, mas determinado a voltar para a família, Ferdinando conhece um grupo de outros animais que o vão ajudar.
O filme passa-se em Espanha e conta-nos a história do Ferdinand, um touro que nasceu numa herdade que cria touros com um grande objectivo criá-los para as touradas. Ferdinand vive nessa herdade e vê um dia o seu pai ser escolhido para um tourada. Percebendo que ele não irá regressar foge da herdade e encontra abrigo numa quinta onde é acolhido por uma família muito simpática. Mas tudo vai mudar quando o Ferdinand cresce e começa a ameaçar a segurança das pessoas. Mas no fundo nada está ameaçado, porque Ferdinand é um touro super amável que só adora a natureza e o cheiro das flores. 

Ferdinand é assim um filme fofinho sobre a história perfeita para miúdos e graúdos, sobre um touro que à partida seria a imagem de um animal grande e feroz e com apenas um objectivo de tourear, quando na verdade conhecemos um touro que vai desafiar todas essas regras. Mostrando que a violência não resolve nada e que os animais têm outras opções, não só a morte para dar a carne ou a utilização em espectáculos de exibição. E eu gostei desta premissa, achei o filme muito leve e divertido e com uma mensagem muito interessante e poderosa. Não sei muito bem qual foi a influência que ele teve junto dos amantes da tauromaquia, mas acho que ensina muito bem os pontos negativos deste espectáculo.

Para mim o filme ganha por ser muito divertido e principalmente pela sua banda sonora que é especialmente fantástica. Tem instrumentais muito poderosos, utilizando muito bem as marchas espanholas com muita orquestra sinfónica o que foi uma coisa que me agradou imenso. Mas para além disso o filme torna-se muito normal, o que o faz perder em relação a outros filmes, mais memoráveis. 


Um filme que recomendo.

Sem comentários