A QUESTÃO FUNDAMENTAL DA PRODUTIVIDADE

A produtividade anda nas bocas do mundo. Todos querem ser produtivos e mostrar ao mundo que se consegue fazer muita coisa no mesmo dia e isso é que é cool nos dias de hoje. Eu não vou ser hipócrita, eu gostava de ser mais produtiva, mas não o sou. Não tenho vergonha de o admitir e nem vou inventar coisas que fiz quando não as fiz. Não sou a pessoa mais produtiva, procrastino muito, e nem sempre priorizo aquilo que tenho para fazer. O meu dia é muito preenchido e divido-o por muitas partes da minha vida, profissional, pessoal e dos meus hobbies. E por isso, o tempo que me sobra para realmente investir em mim e nas minhas coisas é muito pouco. Aquele que disponho ultimamente tem sido dedicado ao descanso e ao reforço das energias, porque isto de trabalhar e viver sozinha é bastante cansativo. Mas no meio disto tudo gostava de ser mais produtiva. Gostava de conseguir ter sempre energia para poder produzir cada vez mais. Mas o meu problema talvez também se prenda com a minha necessidade de fazer tudo na minha perfeição. Da edição estar perfeita, do conteúdo completo, das coisas bem pensadas e planeadas que depois quando tenho de partir para a concretização não consigo avançar. Tenho tentado criar prioridades e objectivos, manter-me com um foco nas minhas metas, e é sem sombra de dúvidas aquilo em que tenho mais de trabalhar, porque ser criativa e produtiva todos os dias não é fácil. Não gosto de fazer à pressa, fazer pela metade, ter por ter conteúdo e por isso tudo demora o dobro do tempo aqui por estes lados. Não, eu não sou produtiva porque quero. Eu quero ser produtiva, mas sim tenho falta de tempo, sim o meu corpo pede-me descanso, sim eu sou picuinhas nos meus projectos. E não me venham com a conversa do tempo há para tudo, basta que estejamos muito bem organizados, porque nisso discordo um pouco. Mesmo que tenhamos tudo muito bem planeado há sempre coisas que se colocam no caminho, há uma chamada que rouba imenso tempo, há algo que nos prende a atenção, o jantar que demorou mais tempo a preparar, a roupa que nos chama para ser passada, a casa que não se limpa sozinha, ou simplesmente o sono que nos carrega os olhos. Estabelecer prioridades é sempre importante mas há coisas às coisas não nos conseguimos escapar. Isto para dizer que tenho andado muito afastada do blog, do canal e das redes sociais porque a minha agenda tem andado pelas ruas da amargura, um misto de muito cansaço com alguma azáfama a mais tanto a nível pessoal como profissional. E no fim quem paga são os hobbies que eu tanto gosto. Por isso nos próximos tempo vou tentar organizar-me melhor e tentar que a minha energia suba, para que assim possa cada vez mais estar activa por aqui.

E vocês? O que me dizem a toda esta questão da produtividade?

6 comentários

  1. Tal e qual!!! Tenho o mesmo problema que tu :/ Deixo de fazer tanta coisa porque não consigo fazer sem um planeamento e que tudo esteja como eu quero...já tentei fazer diversas vezes as coisas sem pensar tanto mas não consigo. Já tentei colocar na cabeça "mais vale feito do que perfeito" e também não funcionou. O melhor é fazer o que podemos com o nosso ritmo!! Tento pelo menos colocar três prioridades para a semana e concentrar-me só nelas. Ás vezes funciona outras vezes não...isto tem muito que se diga e muito para aprender!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo.. ser produtivo ou caminhar para a produtividade é mesmo isso uma caminhada.. Mas vamos chegar lá!

      Eliminar
  2. Eu acho que a produtividade, tal como tantas outras coisas é diferente de pessoa para pessoa. Há quem seja o coelhinho da Duracell e outros que arrastam os pés...mas cumprem. A questão é não nos medirmos pelos outros porque não sabemos as circunstâncias da vida deles.
    A questão de pôr conteudo só por pôr tambem concordo a 100%. Quantos blogs e canais ha que todos os dias vomitam posts e videos sem um pingo de interesse. Eu posto para aí um video por semana (e às vezes nem isso) e 2 ou 3 ou nenhum post. Só publico se eu achar que me faz sentido e que tem conteúdo. Só lara marcar presença não - tenho muita coisa onde gastar o meu tempo. Gosto de escrever e habituei-me a gravar mas não é o principio nem o fim de nada.
    Acho que deves desenvolver o conteúdo ao ritmo que mais se adequa a ti e à tua vida e resiste a fazer comparações: não te vão levar a nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim.. há pessoas que conseguem fazer imensa coisa e outras que não..
      Sim eu tento não me medir pelos outros, mas nem sempre é fácil principalmente quando queremos que o nosso trabalho avance e chegue a outros patamares.
      Sim a questão do postar por postar foi sempre algo que me irritou um pouco.
      Sim é o que tenho tentado me impor a mim própria de não me cobrar tanto e tentar fazer as coisas ao meu ritmo e no meu tempo..
      Beijinhos*

      Eliminar
  3. Tens toda a razão, não é nada fácil manter conteúdos regulares. A vida muitas vezes não corre como gostaríamos, é cheia de imprevistos, por isso vamos deixar de nos cobrar tanto :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo.. A vida já nos cobra tanto e nós ainda nos cobramos mais ainda.. :D
      Temos mesmo que mudar..
      Beijinhos*

      Eliminar