BOOK | THE COMPLETE MAUS


Já imaginaram recontarem a história do vosso pai um sobrevivente da 2ª Segunda Guerra Mundial. Contar os horrores que o levaram a um campo de concentração e os horrores que ele viveu e presenciou lá. Acredito que não seja fácil até porque a guerra e as suas atrocidades deixaram marcas profundas no seu pai e conviver com isso, lidar com isso na vida real não é fácil e deve ter sido ainda pior passar para um papel e para uma história. 


Este é para além de um relato quase que na primeira pessoa da história de alguém judeu que foi levado para um campo de concentração, que conseguiu sobreviver e que teve que viver com essa vivência para toda a sua vida, um relato literário muito interessante e curioso, porque o autor coloca todas as personagens como animais, os judeus como ratos e os alemães como gatos. Uma analogia própria às características dos animais transpostas para esta época tão negra da nossa história. 


Esta graphic novel ganha muito pela sua arte a preto e branco com um traço bem duro, como que a chamar à atenção para a importância da história que está a ser contada, sem nunca perder a essência das histórias dos personagens principais.





2 comentários

  1. Gostei tanto deste livro! Tenho uma espécie de review algures no blog - já o li há uns anos. Acho pessoalmente tão difícil escrever sobre graphic novels! Sem dúvida que tem um traço duro. Fiquei especialmente triste com todo o desfecho da história da mãe do autor...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gostei muito desta graphic novel, tem mesmo uma história tocante.
      Sim, não é mesmo fácil falar delas..
      Beijinhos*

      Eliminar