CINEMA | THE 13TH, OJ SIMPSON - MADE IN AMERICA, LIFE ANIMATED

Normalmente quando estou a preparar os filmes que quero ver nos Oscars procuro dar prioridade aos filmes com mais nomeações e os filmes maiores. E acabo por deixar os filmes das categorias mais técnicas ou com menos nomeações para último. Este ano na categoria de melhor Documentário estão cinco documentários nomeados. Dos cinco decidi ver apenas estes três que hoje vos falo, por serem aqueles que mais curiosidade me despertaram e que realmente merecem ser vistos.

Este é um documentário original da Netflix que aborda a décima terceira emenda. Uma lei que proíbe a escravidão, mas que contém um pequeno senão, a escravidão não é permitida se não tiverem cometido um crime e tiverem que ser punido por ele. Esta abertura da lei permitiu ao longo dos anos, a que as entidades que regularizam as leis, pudessem criar novas leis que punissem as pessoas por crimes mais pequenos, levando essas pessoas para as prisões, ficando as mesmas sobrelotadas e que várias empresas lucrassem com isso. Mas este não era só o problema. O maior problema é que a população que mais sofreu ao longo dos anos e que continua a sofrer é a população negra. Este é novamente um documentário duro sobre uma realidade que não é só a Americana, mas que ao longo dos anos, os EUA não souberam remediar e ultrapassar. A segregação racial continua a existir um pouco por todo o mundo, mas realidades como a que é demonstrada neste documentário são realidades que cada vez mais devemos tentar abolir. É um documentário muito rico, cheio de opiniões de vários especialistas, incluindo alguns políticos, que conseguiram traçar o problema, mais ou menos desde o seu início de uma forma muito coerente e muito expressiva daquilo que é a realidade americana. Entristece-me pensar que aquela é a noção de justiça deles, e de muitos outros habitantes do planeta terra. 



Este é um documentário que retrata a vida do jogador de futebol Americano O.J.Simpon, desde a altura em que morava num bairro social, até ao momento em que se torna a maior estrela dos EUA, e ao momento em que é acusado de matar a sua mulher e é preso. Este é também um documentário dividido em  episódios, o que nos dá uma perspectiva mais aprofundada de quem foi e o que aconteceu a O. J. Simpson. Este é um documentário que para além disso tudo, acaba por também tocar na questão racial e no racismo que existia na altura em que O. J. acabou por subir às luzes da ribalta. Para estes Oscars acabei por ainda só ver o primeiro episódio, pois queria trazer este documentário ainda para este especial. Quero-o ver porque acredito ser um bom documentário e também ser uma história importante para os Norte Americanos, tanto que também já teve direito a uma série televisiva. Gostei daquilo que vi no primeiro episódio, que não é mais do que uma localização histórica da época em que O. J. cresceu e se tornou o homem que foi, para além de abordar a sua época como jogador de futebol americano e o seu primeiro casamento, tal como o início do seu segundo. É um documentário muito rico em imagens e em depoimentos por parte de familiares e de amigos, tal como de algumas empresas para as quais ele também trabalhou. Pelo que vi tem tudo para ser um bom documentário e estou muito curiosa para saber o que seguirá nos próximos episódios.



Life Animated conta-nos a história do Owen, um menino que até aos seus três anos de idade sempre foi um menino normal, mas que um dia se apagou completamente. Após várias pesquisas foi-lhe diagnosticado Autismo, uma doença que torna tudo o que envolve um autista uma autêntica confusão o que não lhe permite focar-se só naquilo que lhe interessa, porque ele não consegue identificar o que é importante. Apenas uma coisa na vida dele foi constante, os filmes da Disney, que ele foi decorando e associando à vida dele. Não é fácil lidar com uma pessoa autista, mas com força e preservença eles conseguem até ter uma vida independente e é precisamente isso que estes pais quiseram transmitir com este documentário que eles conseguem ser normais como nós e ter uma vida só deles, com total integração. É um documentário que envolve não só algumas das animações da Disney, como também uma animação própria retratando algumas fases da vida dele, tal como a própria história que o Owen escreveu baseado em algumas fases da sua vida. Um documentário que eu recomendo muito.


E vocês? Que documentário nomeado aos Oscars já viram?

Sem comentários :

Enviar um comentário