BOOK | SIMON VS THE HOMO SAPIENS AGENDA

Se há livros que adoro são os livros contemporâneos, porque consigo passar um bom tempo e conseguem sempre ensinar-me algo, e este é sem sombra de dúvidas um dos meus tipos de livro favorito. Simon vs The Homo Sapiens Agenda conta-nos a história do Simon, um rapaz de 16 anos que é gay, mas que ninguém sabe. Trazer essa notícia a público é um dilema que ele vive mas do qual nunca se decide a divulgar. Na vida privada dele, ele começa a trocar e-mails com um rapaz chamado Blue e começa a apaixonar-se. Tudo corria bem até ao dia em que um colega de escola descobre e ameaça contar a boa novidade.

Adorei completamente a leitura deste livro. O facto de abordar a temática LGBT é sim um bónus, mas algo que para mim devia ser abordado como a normalidade. Deveria ser já normal para escritores e leitores a inclusão de casais LGBT, porque essa é também a nossa normalidade. Apesar de tudo a nossa literatura sempre nos fala de casais heterossexuais e por isso ver o desenvolvimento de um casal do mesmo sexo é sempre diferente de ver, porque a construção do relacionamento é diferente e ainda mais interessante de ler. 

Foi muito fácil para mim gostar deste livro porque todos os ingredientes do mesmo casaram muito bem. Gostei dos personagens, tos temas, dos ambientes, da forma como acaba por culminar. Gostei de ver como todo o relacionamento se inicia através de conversas num chat na internet, dessa dualidade de sentimentos que tudo aquilo despoleta, por um lado a descoberta do amor, de si mesmos, da relação de amizade, dos pormenores. E depois o cair na realidade de que era uma conversa à distância que estava a crescer para algo mais e que nessecitava de passar de uma tela para a vida real. Gostei acima de tudo neste livro que nada era efectivamente um drama, tudo aconteceu porque era natural de acontecer, e até o drama de ele poder ser denunciado por um colega acaba por se tornar uma lição no livro e isso ainda é mais interessante. A escrita da autora também ajuda muito, ao ser fluída fazendo com que o leitor se entusiasme a ler e queira saber exactamente como a história vai acabar. 

É um livro leve e divertido, mas que no fim nos vai ensinar uma grande lição, e isso é muito bom.


Sem comentários