BOOK | STOLEN

Sabem aqueles livros dos quais vocês estão super entusiasmado para ler, porque a história parece super interessante e, todas as pessoas que já o leram gostaram? Pois, este era um desses livros, só que comigo foi completamente ao contrário. O livro desiludiu-me muito e acabou por ser a maior desilusão de 2015.

Gemma e os seus pais estão em pleno aeroporto de Bangkok, quando ela decide ir comer qualquer coisa a um café e aí é simplesmente raptada. Ty pega nela e leva-a simplesmente para o deserto da Austrália. E esta é a simples base da história.

Quando peguei neste livro esta pequena base da história para mim de pequena não tinha nada porque bem explorada a mesma daria um livro espectacular. Só que não foi isso que se aconteceu propriamente e existiram muitas coisas que eu não gostei neste livro. Não gostei da forma como o rapto aconteceu, em pleno aeroporto e ninguém ter reparado em nada . Não gostei da relação que ambos criaram porque nunca foi forte o suficiente, para o bem e para o mal, para que eu acreditasse na relação de raptor e de raptada. Depois não consegui entender o porquê de tudo aquilo ter acontecido, porque as razões que foram apresentadas nunca foram credíveis ou palpáveis o suficiente e, eu sei que para que um acto destes acontecça não é preciso que algo tenha que ter acontecido porque a mente humana pode ser bastante perversa, mas para mim num livro para jovens adultos era necessário que existisse uma óptima razão para tal rapto.

E por fim não consegui gostar da forma como o livro foi escrito. O livro foi escrito em forma de carta, o que à partida parecia ter sido uma ideia muito original, mas que para mim foi mal aproveitada. Isto porque esta carta é escrita já depois do rapto ter um fim, logo para mim é um pouco estranho como é que alguém depois de passar por algo tão dramático se lembra de tudo aquilo que passou. Para mim não conseguiu ser credível o suficiente.

Acho que a única coisa da qual eu verdadeiramente gostei foi o facto de o cativeiro se passar no deserto da Austrália, um lugar que não tem nada e que achei uma escolha interessante para palco deste livro.

Foi assim a minha maior desilusão de 2015 um livro do qual tinha muitas expectativas mas que acabaram por ser defraudadas.


NomeStolen: A Letter to My Captor AutorLucy Christopher | Ano de publicação2009
Páginas 301 páginas | EditoraChicken House Ltd


Sem comentários :

Enviar um comentário