CINEMA | MINIONS, THE AGE OF ADALINE, PITCH PERFECT 2, TOMORROWLAND, NICK AND NORAH'S INFINITE PLAYLIST

Hoje é dia de mais um post onde vos falo de um conjunto de filmes. São filmes que eu acabo por não ter tanto para falar e por isso acabo por condensá-los num post só.
Confesso-me uma grande fã destes seres amarelinhos, super divertidos. E como grande fã que sou não podia perder este filme que nos conta tudo sobre eles. Este filme mostra-nos assim o aparecimento e a evolução destes seres. E acima de tudo a procura deles por um amo, isto porque quando os minions apareceram descobriram que o seu maior propósito era servir vilões, só que essa tarefa nem sempre foi bem sucedida. Após a morte do último amo, Kevin, Bob e Dave, partem em busca de um novo amo e acabam numa convenção de vilões onde pensam ter encontrado a sua nova patroa, Só que as coisas não vão correr tão bem como eles pensavam e a aventura não vai parar. Confesso também que apesar de ter gostado do filme não o consegui adorar. Habituei-me a ver a história das três meninas com os minions como pano de fundo que ver um filme inteiro só sobre eles não me agradou de todo. Continuou com a mesma linha de humor que os filmes anteriores já nos tinham habituado, mas acabou por ser um pouco repetitivo. Faltou para mim qualquer coisa neste filme que fez com que ele não funcionasse tão bem para mim.


Este filme conta-nos a história da Adaline. Ela teve uma vida normal, casou, teve uma filha, até que aos 27 anos sofreu um acidente de carro que lhe provocou uma mudança a nível interno que a impede de envelhecer. Só que o que ao início até foi uma coisa interessante e que serviu a seu favor, após um tempo tornou-se algo bastante incómodo. Não só porque ela não envelhece enquanto tudo à sua volta o faz, mas também porque as pessoas que ela mais gosta, e em particular a sua filha, também envelhece e ela acaba por não conseguir aproveitar em pleno a sua vida. Até ao dia em que ela encontra um novo amor que a vai fazer pôr em causa muita coisa. Gostei muito do filme, apesar de não o ter achado a maior obra-prima. Gostei essencialmente da leveza e da tranquilidade que conseguiram fazer do filme, apesar da carga dramática. Acho que para isso muito contribuiu a vibe do filme, o guarda-roupa e até a linguagem bem vintage do mesmo. É um filme que recomendo.


Neste filme continuamos a acompanhar as aventuras das Bellas e desta vez com um campeonato do mundo para competir. E confesso que este filme não me aqueceu nem me arrefeceu. Gostei muito do primeiro filme pelo diferencial que ele ttrazia, e por isso esperava gostar muito também deste, só que esperava também que o filme me surpreendesse o que não aconteceu. Foi mais do mesmo e isso chateia-me.


Este era um filme que apesar de ter uma grande estrela no mesmo não me despertava muita curiosidade. E mesmo sem saber muito sobre ele lá parti para a sua visualização. Este filme conta-nos a história de Tomorrowland, um mundo paralelo que zela para que o futuro do mundo seja um futuro melhor. E só têm conhecimento e acesso a esse mundo um número restrito de pessoas, mas principalmente aqueles que ainda acreditam num mundo melhor, aqueles que ainda não perderam a esperança. E é assim que nós conhecemos os protagonistas desta história, a Casey e o Walker que juntos terão que tentar salvar Tomorrowland. A minha explicação não deve ter ficado lá muito boa, porque confesso a premissa da história também não é muito fácil de explicar. Mas dizer apenas que apesar do meu desconhecimento acerca do filme eu acabei por gostar muito dele. Tem acção, comédia, uma história interessante e um bom ritmo que dá energia ao filme. É um filme que recomendo porque apesar de ele não ter ficado tão conhecido eu gostei muito dele.


Nick and Norah's Infinite Playlist foi para mim a maior desilusão cinematográfica do ano de 2015. Tinha lido o livro em Dezembro e adorado e por isso pra o filme com as expectativas em alto e que infelizmente acabaram por cair. Este filme conta-nos a história do Nick e da Norah que por circunstâncias da vida uma noite acabam por se conhecer e por passar a noite inteira juntos como se de um primeiro encontro se tratasse. Durante essa noite eles vão-se conhecer ao ponto de perceberem que há mais coisas que os unem do que coisas que os separam. É para mim acima de tudo a história de que quando estamos destinados a conhecer alguém nesta vida nós vamos, de uma maneira ou de outra, conhecer essa pessoa. No entanto o filme apesar de conter a história base do livro, não foi para mim, tudo aquilo que o livro foi. Não teve a mesma carga emocional, nem a mesma aura e por isso desiludiu.me muito.


E foram estes os filmes de hoje.
Já viram algum? O que acharam dele?

2 comentários :

  1. Desses filmes todos, só li mesmo a Idade de Adaline e adorei :)
    Achei a história bastante bonita e com uns looks fantásticos!
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É realmente uma história interessante e muito bonita..
      Gostei particularmente da leveza do filme..
      Beijinhos*

      Eliminar