CINEMA | CINDERELLA

Sou fã de filmes de animação, mas uma grande falha minha são os clássicos de animação. E o filme Cinderela é daqueles que apesar de já ter visto imagens do filme nunca o vi de fio a pavio. Com o lançamento da versão humana do filme, também pela mão da Disney decidi que ia ser desta que ia ver o filme e conhecer melhor esta história.


Ella, uma jovem cujo pai comerciante se casa novamente após a trágica morte de sua mãe, acolhe em casa a sua madrasta, Lady Tremaine, e as suas duas filha, Anastasia e Drisella. Tragicamente o seu pai desaparece e Ella fica entregue à sua nova família, ciumenta e cruel, que a a trata como uma serva. Mas apesar de tudo, Ella está determinada a honrar as últimas palavras de sua mãe, sendo corajosa e gentil... mas eis que um jovem que conhecera na floresta, por quem se apaixonara, é afinal um príncipe e não um funcionário do palácio, como Ella acreditara. A oportunidade de reencontrar a sua alma gémea surge quando se prepara um baile no palácio para o qual são convocadas todas as jovens donzelas, mas a sua madrasta e irmãs de tudo farão para o impedir...

Pelo que sei e pelo que percebi esta história é bastante fiel ao original da Disney, alterando aqui e ali algum pormenor, mas no seu geral bastante fiel. E foi isso que acabou por me desiludir no filme. Acho que estava à espera de encontrar algo de diferente, alguma coisa que de repente nos captasse a atenção de uma forma diferente, inesperada, coisa que nunca aconteceu.

Mas olhando para o filme em si e deixando as minhas expectativas de lado tenho que concordar que este filme supera em muito as expectativas em termos visuais. Este é definitivamente o filme que queremos ver quando pensamos num filme de contos de fadas. O guarda roupa é brilhante, desde as roupas mais simples, ao guarda roupa de festa, onde brilham os vestidos sumptuosos e em especial o da Cinderella. Gostei também muito da realização do filme desde os momentos mais pacatos aos momentos de maior volume de imagem como o baile, ou a transformação da Cinderella de uma simples empregada a uma verdadeira princesa. E por último o meu destaque vai também para a banda sonora que dá o toque final ao filme transportando-nos de todo para o conto de fadas que é a história da Cinderella. 

Não posso dizer que detestei este filme, porque é um bom filme, mas não posso deixar de confessar que estava à espera de algo diferente.

Image Map

2 comentários

  1. Olá, eu gostei muito de voltar a ver a Cinderela. Sim é verdade que o filme não trás nada de novo, mas nem ficou nada mal. Também adorei o guarda roupa. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim.. não ficou nada mal.. eu é que estou sempre à espera de algo diferente..
      E o guarda-roupa é brilhante.. :D

      Eliminar