Com tecnologia do Blogger.

CINEMA | INTO THE WOODS

Há certos ingredientes que, juntos e misturados, me fazem querer ver um filme. Disney e musical são dois deles. Por isso quando tive conhecimento deste filme fiquei logo com a pulga atrás da orelha. Confesso que ter no elenco nomes como o do Johnny Depp e Maryl Streep me fizeram ainda ficar mais curiosa, mas infelizmente este filme não fez jus a toda a sua história e a tudo aquilo que ele podia ter sido.

Abordagem moderna dos adorados contos dos irmãos Grimm, combinando os enredos de algumas das histórias de eleição e explorando as consequências dos desejos e feitos das personagens. Este musical bem-humorado e emocionante acompanha os contos clássicos da Cinderela, o Capuchinho Vermelho, João e o Pé de Feijão e Rapunzel, unidos numa história original que envolve um padeiro e a sua mulher, o seu desejo de iniciar uma família e a sua interacção com a bruxa que os amaldiçoou.
Este filme é uma adaptação cinematográfica de um musical da Broadway com o mesmo nome. Nesta história existem dois padeiros que têm um sonho, ter um filho. Ao longo dos anos têm tentado por tudo alcançar esse desejo sempre com insucesso até que um dia recebem a visita de uma bruxa que lhes promete o tal desejado filho em troca de um pequenino favor. Eles apenas teriam que colectar alguns itens que se encontravam na floresta e entregá-los à tal bruxa. Nessa demanda eles vão-se cruzar com algumas personagens dos contos infantis, como a Capuchinho Vermelho, a Cinderela, a Rapunzel e o João e o Pé de Feijão. Já podem imaginar que estas personagens todas misturadas não pode dar coisa boa.

Quando comecei a assistir ao filme até estava a gostar. Os contos não estavam iguais aos contos interpretados pela Disney, devendo estar por isso bem fiéis aos retratados no musical que deu origem ao filme. Um ponto muito positivo por essa opção da Disney pois há contos com pormenores bem diferentes e que dão um outro twist à história. O filme contém ainda um cenário e uma caracterização dos personagens muito bom, tal como diversos momentos musicais muito divertidos. No entanto o filme, mais ou menos a meio, acaba por mudar um pouco o rumo e a partir daí o filme para mim perde totalmente o encanto. Pelo que li o musical original não segue o rumo que o filme acabou por levar e daí o descontentamento de tanta gente com o filme.

O filme para mim vale essencialmente pela primeira parte, pelos contos infantis um pouco renovados, pela caracterização dos personagens e por alguns momentos musicais. No entanto acabou por ficar aquém das minhas grandes expectativas.


Image Map

Sem comentários