BOOK | CHAOS WALKING

Patrick Ness conquistou-me com a sua escrita no livro "A Monster Calls". Esse foi um dos meus livros favoritos de 2014 e a vontade de ler mais livros dele era cada vez maior. Este ano decidi que tinha mesmo que pegar em mais livros dele e esta era uma trilogia que me despertava muita curiosidade, tanto pela história como por todas as críticas positivas que ouvia sobre ela.

Todd  é o último rapaz de Prettinstown. Está a um mês de se tornar um homem e vive num mundo onde todos os homens vivem com o "barulho". Neste mundo os homens têm a capacidade de ouvirem os pensamentos uns dos outros, o que gera aquele "barulho". O que por um lado é uma coisa boa pois todos sabem tudo de todos, por outro acaba por ser muito cansativo porque o barulho é constante e raramente existe silêncio. O Todd costuma até pegar no seu cão e ir para um dos locais mais afastados da cidade para poder procurar a paz que ele tanto quer e que nunca tem. E é numa dessas escapadelas que ele conhece a Viola, uma rapariga. Ele nesse instante percebe que algo de muito errado está a acontecer porque no mundo dele não existem mulheres, pura e simplesmente. É então que lhe é dito que ele tem que abandonar a cidade porque ele já não está mais em segurança e ele então parte com Viola. Começa assim uma viagem pela descoberta da verdade, a do Todd e a do mundo em que ele habita.

Esta é uma trilogia distópica bastante diferente daquilo a que estamos habituados a ler. Estamos num mundo futuristico, mas arcaico ao mesmo tempo. Existe um vírus que assolou a população masculina e que os coloca numa posição vulnerável pois todos os seus pensamentos podem ser ouvidos. E tudo isto é vivido numa aura austera. E foi essencialmente por esta história tão diferente que eu gostei tanto destes livros.

No primeiro livro somos introduzidos a tudo o que se passa actualmente neste mundo através da visão do Todd. Ele vai-nos narrar tudo aquilo que está a sentir, viver e a pensar sobre este mundo tão diferente. E acima de tudo este livro vai ser uma autêntica viagem em todos os sentidos. Primeiro o Todd é obrigado a fugir com a Viola da sua cidade. Fugir com a Viola não vai ser fácil, primeiro porque ela não tem barulho, logo é totalmente silêncio, o que o vai obrigar a ter mais calma e paciência. E por fim porque fazer aquela viagem significa que tudo aquilo que ele viveu até agora pode ser mentira. É um livro bastante intenso em muitos pontos, principalmente por toda a fuga e por tudo aquilo que ela implica. No entanto acabei por não adorar este livro pois acabei por ter alguns problemas com o estilo de escrita do autor, que acaba por utilizar alguns esquemas de escrita para retratar certas coisas que ficam bem na história, mas que acabaram por me atrapalhar um pouco ao início.

O segundo livro para mim foi o melhor. O autor neste livro faz recurso à narrativa por dupla perspectiva, dedicando capítulos ao Todd e à Viola, o que nos dá outra perspectiva à história, o que para mim só enriquece e favorece o livro. Para além disso é neste livro que vamos ficar a conhecer mais do porquê daquele país estar como está e essa é uma das minhas partes favoritas nas distopias, o saber o que está por detrás de tudo aquilo que está a acontecer.

Quanto ao último livro foi o culminar de toda uma história, mas pecou por ter guerra a mais o que levou a que o livro ficasse repetitivo. Vale pelo crescimento dos personagens e pelo final muito bom.

Esta foi uma série que eu gostei mas que acabei por não amar. Recomendo para os amantes das distopias pois acredito que vão gostar pelo diferencial da história que o autor mas apresenta. Acabei por não revelar muitos pormenores da história porque acabava por entrar em muitos spoilers, mas deixou-vos o vídeo que fiz onde podem ver mais alguns detalhes sobre esta série.


Nome: Chaos Walking Autor: Patrick Ness ISBN
Páginas: - Editora: Walker Books Ltd


Image Map

Sem comentários :

Enviar um comentário