Com tecnologia do Blogger.

CINEMA | LOVE ACTUALLY

Este era daqueles filmes que eu queria muito ver porque sabia da participação portuguesa no mesmo. Para além de saber que era um filme bastante recomendado para ver na altura do Natal.

Comédia romântica que no elenco reúne alguns dos actores mais conceituados do "mainstream" britânico, com a participação da portuguesa Lúcia Moniz, a história deste filme passa-se em Londres, nas vésperas do Natal e, gira em torno das vidas e amores de um grupo de pessoas que acabam por se cruzar.
As histórias deste filme são muitas e nalgum ponto da sua trajectória vão-se cruzar. Temos um primeiro-ministro que se apaixona por uma das suas funcionárias. Um escritor que para tentar curar uma ferida de coração parte para o Sul de França e lá acaba por se apaixonar por uma portuguesa. Uma mulher que desconfia que o seu marido a trai. Uma recém-casada que desconfia dos olhares do melhor amigo do seu marido. Um rapazinho que está a descobrir o que é o amor ao lado do seu padrasto. Uma estrela de rock em decadência que tenta a todo o custo voltar à ribalta. São todas estas histórias e mais umas quantas paralelas que vão povoar este filme.

Este deve ser um dos primeiros filmes que utiliza a premissa das várias histórias independentes e que nalgum ponto da história acabam por tocar noutra das histórias. E eu gosto deste tipo de filmes quando são bem explorados que a meu ver acho que foi o caso. Claro que acabei por gostar mais de umas histórias do que de outras, mas no geral acabei por gostar muito do filme.

Gostei muito da história do primeiro-ministro que é bastante invulgar visto que aquilo era quase impossível de acontecer, mas foi muito divertido de ver um primeiro-ministro tão normal e divertido. Gostei também muito da história do rapazinho que está a descobrir o que é o amor porque começa a ficar interessado numa rapariga da escola. Gostei muito desta história porque ele após a morte da sua mãe vê-se obrigado a ficar com o seu padrasto e por isso também é muito bonito de ver como a relação deles vai evoluindo. Por último gostei também muito da história do escritor que se apaixona pela portuguesa. Apesar de ter achado algumas cenas e diálogos entre eles um pouco forçados, gostei da ideia original. E adorei claro a parte final com a família dela, é muito hilariante.

Foi um filme do qual gostei muito e que acabou por superar as expectativas. É a típica comédia romântica que recomendo aos amantes do género e que tem um quê de especial por ter uma participação portuguesa.


Image Map

2 comentários

  1. Um dos meus favoritos. Já vi mais que uma vez. E gosto sempre ;D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É realmente daqueles filmes que se tornam clássicos.. :D

      Eliminar