BOOK | LANDLINE

Não é segredo para ninguém que adoro Rainbow Rowell. Em 2014 li todos os livros dele e ela foi com certeza a autora do ano. Decidi guardar o "Landline" para Dezembro, por ser o mês do Natal e por o enredo do livro também ele se passar no natal. Por isso não podia escolher melhor altura.

Landline conta-nos a história da Georgie e do Neil. Eles decidem passar este Natal na casa dos pais dele num estado diferente daquele onde eles vivem. Como raramente lá vão, estão todos entusiasmados para ir porque o casamento deles não tem andado muito bem e eles iriam aproveitar a viagem para resolverem algumas coisas. Precisamente antes da viagem Georgie, que é roteirista de uma série televisiva, recebe uma proposta para escrever a sua própria série, só que o episódio piloto tinha que ser entregue até ao Natal. Logo, para ela agarrar esta oportunidade não poderia ir com o marido e com as filhas passar o natal a casa dos pais dele. Assim e ainda mais chateados, Neil e as filhas partem para a viagem e Georgie fica. Triste e chateada ela acaba por se refugiar na casa dos pais e é lá que redescobre o telefone fixo amarelo do seu quarto e ao ligar dele para o Neil percebe que não fala como Neil do presente mas sim com o Neil do passado. Ela vai perceber que poderá ter assim uma oportunidade de consertar alguns pontos menos resolvidos na sua relação com o Neil.

Confesso-vos que o livro acabou por me desiludir um bocadinho. Depois de ter lido todos os outros livros da autora e de os ter adorado estava à espera de também ter adorado este. Apesar de ter gostado, acabou por não me deliciar de todo. No geral eu gostei da premissa da história, do facto da Georgie trabalhar na escrita de séries televisivas, da rotina da equipa e até da parte do telefone fixo. Seria tão bom se de vez em quando e recorrendo a um objecto básico pudéssemos modificar o rumo de um acontecimento passado precavendo outro pior no futuro.

Deste livro recordo com bastante carinho duas personagens secundárias que para mim tiveram um papel principal ao salvarem parte do livro. Falo da mãe da Georgie que tem momentos hilariantes e, da irmã Heather que tem uma perspectiva de vida diferente da Georgie por ser mais nova. E ao contrário de toda a gente acabei também por gostar muito do parceiro de escrita e melhor amigo da Georgie o Seth, que por ser demasiado convencido tem momentos muito interessantes.

Por outro lado a personagem principal para mim não foi de todo uma preferida. Isto porque para mim uma pessoa com 35 anos já deveria ter outra maturidade e forma diferente de encarar certas situações. No entanto e por outro lado acabei também por me identificar com outras atitudes dela e por isso não posso dizer que a detestei de todo.

O meu ponto mais negativo neste livro vai mesmo para o facto de apenas termos a perspectiva da Georgie. A complexidade deste livro vai ao ponto de a Georgie narrar factos presentes e factos passados e nós ao longo de todo o livro apenas temos acesso aos pensamentos da Georgie, visto este livro ser narrado do ponto de vista apenas dela. E eu enquanto leitora acabei por sentir imensa falta de ler e perceber tudo aquilo que o Neal estava a sentir com toda a situação presente, tal como tudo aquilo que ele foi sentindo quando a conheceu. Por isso cada vez mais sou a favor de livros com dupla perspectiva.

No entanto e apesar de tudo a escrita da Rainbow Rowell continua a mesma, super deliciosa e por isso grande parte da leitura já vale a pena. É um livro que recomendo para os fãs da autora e claro, recomendo também que a sua leitura seja feita com as expectativas mais baixas, porque o risco de decepção pode ser grande.

Nome: “Landline” Autor: Rainbow Rowll ISBN: 9781409154914
Páginas: 320 Páginas Editora: Orion
Image Map

4 comentários :

  1. Tenho mesmo que me estrear com a escritora!! E vou começar com o Fangirl!
    Tenho também curiosidade em relação a este!
    Adoro esta edição por causa das cores dela! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recomendo-te muito o Fangirl e o Eleanor & Park..
      E espero que gostes de fangirl.. :D
      Esta edição é muito bonita e também adoro as cores.. :P
      Beijinhos*

      Eliminar
  2. Nunca tinha ouvido falar da autora, despertaste a minha curiosidade. E as tuas fotografias são tão lindas :)

    Está a decorrer um giveaway no meu blog:
    oh-my-lover.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma autora recente e os livros dela só chegaram este ano a Portugal, mas recomendo-te muito.. :D
      Obrigado..
      Beijinhos*

      Eliminar