CINEMA | FROZEN

Assisti a este filme na altura do Natal e devo dizer que foi numa óptima altura. Este filme foi simplesmente um filme que eu adorei. Adoro os filmes mais recentes da Disney e este por sinal não foi excepção. 

Este filme conta a história de duas irmãs, a Elsa e Anna, filhas do rei. Elsa nasceu com um dom, o dom de criar gelo com as suas próprias mãos. Só que se por um lado esse dom pode ser muito engraçado, por criar flocos de neve e bonecos de neve, por outro pode ser bem fatal, pois se tocar em alguém e congelar o seu coração, a pessoa pode morrer. Assim, e após Elsa quase matar Anna durante uma brincadeira, os pais fecham Elsa num quarto e proíbem que ela tenha contacto com o mundo exterior e com a sua irmã.

Quando os pais delas morrem obrigam a que Elsa se torne a rainha do reino de Arendelle e no dia da coroação ela decide abrir os portões para que todos assistam à sua coroação, e deixando Anna numa felicidade tal por ir ver pessoas, coisa que já não acontecia há algum tempo. Nesse dia algo acontece que irá mudar o reino para sempre. Anna conhece também o príncipe Hans e decide que tem de casar com ele, pois pensa que são almas gémeas. Ao contar à sua irmã ela começa a discutir e ao não conseguir controlar os seus poderes acaba por congelar todo o reino. Ao fazer isso Elsa acaba por fugir e a irmã acaba por ir atrás dela. Pelo caminho ela vai conhecer Kristoff e a sua fiel Rena e o mais incrível boneco de neve Olaf.
Eu adorei esta história. Gostei dos personagens, das músicas, das paisagens. Do tom humorístico e diferente que deram ao boneco de neve. Enfim de tudo. Sei que o facto de o filme ter muitas músicas foi um facto que não agradou a muitas pessoas, mas devo dizer que desta vez foi um dos factores que me fez ainda gostar mais do filme. Se calhar por o ter visto em inglês e ter ouvido as músicas nas suas vozes originais, ou se foi mesmo o conjunto de todo o filme.

De entre as duas princesas que este filme nos apresenta devo dizer que gostei mais da Anna. Gostei muito da Elsa, da sua força, do facto de ter aceite o seu poder, e também de se ter revoltado, no fundo ela tinha um poder letal, um poder que ela não queria e não sabia porque é que o tinha. Mas a Anna mostrou ter uma outra força, a força de acreditar sempre na irmã, de ter ido a trás, mesmo quando mais ninguém acreditava nela. E depois claro toda a história com o Kristoff e com o Olaf. Aquela cena entre a Anna e o Olaf em frente à lareira foi mesmo tão querida.



Gostei bastante do filme. Cheio de humor, maioritariamente protagonizado pelo boneco de neve e pela rena. Mas também momentos bastante queridos e romanticos pela Anna e pelo Kristoff. E para mim este é um daqueles filmes que não se pode dizer muito. Se são fãs de filmes de animação e de filmes da Disney é um filme que terão que ver.

Este é daqueles filmes para assistir no quentinho das mantas e com um óptimo chocolate quente. E é com certeza um filme que eu vou querer ver e rever vezes sem conta.


Sem comentários :

Enviar um comentário