ANÚNCIOS QUE VALEM A PENA SER VISTOS #1

Quem me conhece sabe que eu adoro um bom anúncio. Até os decoro. E por isso eu quero começar a trazer-vos alguns anúncios que me vão ficando na memória e que acho que valem muito a pena serem partilhados. Eu tenho a ideia de um dia ter começado este tipo de posts aqui no blog, mas não sei porquê não encontro esse post. Por isso hoje estou aqui de novo com a rubrica "Anúncios que valem a pena ver". Espero que gostem!

CINEMA | RISE OF THE PLANET OF THE APES, DAWN OF THE PLANET OF THE APES, WAR FOR THE PLANET OF THE APES

Desde que esta nova história do Planeta dos Macacos surgiu que eu andava com alguma curiosidade para ver os filmes. No andar da vida os filmes foram ficando para trás por alguma preguiça. Mas com a estreia do último filme desta 'trilogia' decidi que ia mesmo pegar nestes filmes e tentar perceber se ia gostar ou não. Não tendo ficado a maior fã da nova trilogia, a mesma não me desiludiu e por isso hoje trago-vos uma mini opinião dos filmes.

BOOK | ''MANSFIELD PARK' DE JANE AUSTEN

O terceiro mês do Meeting Austen foi dedicado ao 'Mansfield Park'. Confesso que este foi até agora o livro que menos gostei da autora, apesar de ter adorado a escrita dela neste livro. Não consigo explicar bem porquê. Acho que a tentativa de o deixar mais intimista do leitor com uma narrativa quase que num espaço só fez com que o mesmo ficasse um pouco massudo demais. Não detestei a protagonista deste livro, como muitos a detestam, porque percebi o porquê de ela agir de determinadas formas. Mas o mesmo já não se passou com as adaptações para série e cinema, onde eu já não consegui gostar tanto dela. Esta história fala-nos da trajectória da Fanny que aos 10 anos acaba por ir viver com as tias por a sua família ser muito pobre. O livro é então basicamente a vivência da Fanny na casa com os tios e os primos e a sua posição perante a sociedade.

TOMAR DECISÕES

Com a idade começo a perceber que cada vez mais a vida exige que tome decisões. E o nível de dificuldade das tomadas de decisões só aumenta. E isto tem me deixado um pouco insegura nos últimos tempos. Em Agosto tive de tomar uma decisão importante. Na hora vacilei. Parece que a vontade de avançar de outros tempos estancou e eu congelei no momento em que mais precisava de avançar. Parece que à medida que vou vivendo e vou tendo as minhas experiências vou começando também a criar as minhas defesas em relação a algumas situações. E isso é um pouco enervante. Passado algum tempo e com o apoio dos meus lá tomei a decisão, mas fica sempre aquele friozinho na barriga do "será que fiz bem?", "será que não me vou arrepender?" e essa é precisamente aquela resposta que nós nunca vamos ter a não ser que arrisquemos ou não e que depois fiquemos a saber. E é aí que a vida devia vir com um livro de instruções e nos ensinasse que decisões tomar, que caminhos seguir, que situações aceitar.